La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / DIO COME TI AMO

 Imprimir  Recomendar
  [C:576675]

É quase madrugada, e não me saís do pensamento.

Volto aos lençóis, me agarrando aos travesseiros, um que de saudade me invade me trazendo à lembrança os nossos melhores momentos, e um quanto de vontade me excita os sentidos me eriçando os mais ímpios desejos - Arrancando-me o sossego.

O tempo caminha veloz, o galo canta, umas quantas vezes...
Lembrando-me a falta dos teus beijos pousados por ti, em toda minha nudez. Penso em teus atrevimentos juvenis num explorar sem reservas o teu, eu, sujeitando-me, aos teus caprichos - pagãos.

La fora o luar fecunda a aurora, levando-a ao clímax de sua beleza.
À meia-luz o nosso quarto, em nosso ninho o meu corpo nu e os meus sentimentos noutra dimensão, traduzindo-se em plenas fantasias, enquanto recordo teu jeito de ser e o modo como fazes o meu corpo todo estremecer.

Neste estado em me encontro, não me resta mais... Senão te propor trocar contigo o que me é casto, pelo teu amor bandido - Vem, eu te preciso com qualquer sorriso, com qualquer humor, faz outras vezes comigo, amor.

Sem travas vou me deixar aos teus braços, por toda noite, entre abraços quero me perder na loucura dos toques dos teus dedos - Que se desalinhem meus cabelos.

Na intimidade dessa ventura humana quero apenas te pertencer, quero delirar de amor numa paixão liberada ou proibida Na pureza dessa hora quero ser bem mais que tua mulher.

Confesso, sem ti, sou pássaro sem asas, sou noites em claro, sou castelo de areia que se deixa levar pelas ondas do mar, não sou mais que um misto de amor e paixão ou talvez só desejos, ao fim e ao cabo, não sou nada.

Então, volta pra mim, ainda não aprendi a dizer adeus, vem, agora toca a ti, te entrega a mim, cavalga-me, passa o tempo, passam as horas, passam vidas, embora, tudo passar sigo te querendo, agora muito mais os teus abraços, teus beijos, teu corpo sobre o meu - se encaixando os nossos cheiros - Dio Come Ti Amo.

Texto agregado el 07-03-2017, y leído por 43 visitantes. (2 votos)


Lectores Opinan
2017-03-07 17:22:39 Derrochas sensualidad y erotismo en tus letras.UN ABRAZO. gafer
2017-03-07 16:10:11 Lamento no poder compartir con usted mi castidad. No me queda nada de ella. Pero -Dio, come ti amo non è possibile avere tra le braccia tanta felicità Baciare le tue labbra che odorano di vento noi due innamorati come nessuno al mondo- +++++ crazymouse
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]