La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / FINDO O DIA.

 Imprimir  Recomendar
  [C:535931]

É noite,

Acabado o dia está,

Ele e eu batalhamos, contudo, venceu-lhe as horas!

Apresentando-se o arrebol, com garbo de guerreiro cedeu, retirou-se
do campo indo banhar-se ao sereno, à luz do luar.

Pronto, foi se acostar junto à noite, aconchegado às dobras da
misteriosa madrugada à espera da aurora, que sempre comparece ao
encontro, amante, bela e cheia de graça, a infundindo-lhe ânimo, lhe
guarnecendo com raras e preciosas condições.


Enquanto eu, desde o levantar deles, como nos demais renasceres
que guardo na memória, fui apenas coadjuvante, como hoje, outra vez.

Embora ele e eu laborássemos no mesmo campo, todavia, senti-me muitas vezes menor, ao vê-lo passar mãos dadas com as horas ou ao par com o tempo, provocantes, fazendo-me provar de quando em vez o próprio sal, produzido pela alquimia de suor e trabalho ao sol.

Venceram-me, ambos, nalguns momento, pelo que recebi como consolo
as noites intercalando os dias até a chegada do soldo, igual ao de
qualquer soldado, que com ele pouco se alcança, porém, mais branda
torna a fúria, que quando cativada lhe denominam Civilidade, ou, se
lhe traduzem como Dignidade.


Em fim, findo o dia e a lida, é noite!
Em cuja presença me desvisto da minha realidade, dispondo-me a
fantasia, quando então me vejo sem me saber ao certo.
Sufocando o meu espanto correndo em busca do céu querendo de lá o que significo nos meandros do tempo, porém, ali encontro enamorados o dia e a noite em meio aos mantos estelares, e a mais surpreendente resposta a minha interrogação:

- Embora, te sintas não mais que este misto de cansaço físico envolto em maços de esperança, és, todavia, mais que combatente, para quem faço brotar as sementes e amadurecer os frutos, por quem provoco movimentos da terra fazendo balouçar as palmeiras em cujas palmas cantam sabiá louvando o encrespar da ondas onde brinca a inocência, tens testemunhado, és ainda mais, és colaborador potencial para quem preparo os dias e as noites em favor do teu crescimento Pois tenho para ti planos outros, aguarda e confia.

Texto agregado el 21-01-2014, y leído por 97 visitantes. (0 votos)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]