La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / CRUEL DEPENDENCIA (Série Crônicas)

 Imprimir  Recomendar
  [C:523731]

Sou um réu confesso, dependente a não poder mais.

Declarada minha real dependência se faz nos espelhos d’alma que vermelhos ardem como brasa... Fazendo-me beirar a loucura,
Cada vez um grau a mais...
Cega-me, como se retirasse dos pés o chão,
Quando em crise estou, sinto que a todos atormento, solícitos os mais próximos correm a me acudir – Sem meus óculos tudo se volve turvo para mim – Dependência cruel a minha!
Oh, Deus meu, de futuro o que será de mim?


P. S. Se em terra de cegos quem tem um olho é rei, hoje sou obrigada a deixar o trono... Até meus óculos nalgum canto, que minha memória falha ignora lembrar, os esqueci!

Texto agregado el 12-06-2013, y leído por 63 visitantes. (1 voto)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]