La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / AMOR E PAIXÃO X ANJO OU DEMONIO.

 Imprimir  Recomendar
  [C:522608]

Amor e paixão!
Com conhecimento de causa posso dizer que são dois esses sentimentos A atração que se desdobra em reações químico físico ensejando provocações insanas, não raro lascivas, e que trai é paixão.
O amor, o amor é sentimento distinto, que se traduz em força atraente, sendo transcende volve-se infinito, eterno!

Sobrepondo-se à razão muito há que não se alcança compreender, conceituar ou definir, simplesmente é.

É um bem querer estendido que se não alcança o físico, ainda que de muito distante, sabe estar junto, sem contudo infringir, como esteio sustenta e roga pelo ser amado.

É esse querer meu de junto a ti me encontrar, neste momento, e fazer menor tua dor; te animando a desaguar a tristeza, que como sempre, deixa em suspenso o teu olhar, porquanto o silêncio pousa em teus lábios te enclausurando os pensamentos, quando então tu te tornas fugidio, enveredando para um mundo distante onde te deixas à contemplação de panoramas que outros juízos dizem não existir.
Que pena, já não posso te estreitar ao meu colo e acariciar teu rosto sem nada dizer, em respeito as lágrimas de prantos ocultos que sombreiam o azul do teu olhar!

Ah, Anjo...

Como que caído de uma nuvem longínqua se fez meu, acreditei, sonhei e me fez amar, tornando-me mais que mulher...
Na tua materialidade máscula me entreguei e me transformaste em amante, que louco, foste tu minha maior paixão!

Amor meu, o humano se submete ao tempo, somos temporais, e subordinados aos sentimentos, sem os saber definir ensaiamos a compreensão avaliando os acontecimento de nossas rotinas - que talvez sejam como as contemplações que te envolvem e admiras, se irreal ou não dá igual. Restando, minhas dúvidas, se és tu anjo ou demônio em minha vida, cujo efeito é esse sentimento no todo diferente não cíclico, porém continuo! Que diante a tua perda se volve ainda mais sublime, sentindo tuas dores, tão tuas, por ser assim é como é.

Entretando dizem ser uma ilusão, como contestar se não há como definir, conceituar, que julguem, então!

Que importa diferentemente da paixão o amor é concessivo, sem contudo deixar de ser Superior a anjos e demônios!

Texto agregado el 23-05-2013, y leído por 106 visitantes. (0 votos)


Lectores Opinan
2013-05-23 19:10:02 A la tercera fijo que le entiendo, pero llegar, llega a la primera... (ya sea portugues o brasileiro, más cortos, igual aprendemos más.) stracciatella
2013-05-23 18:04:43 Creo que deberíamos implementar un traductor para poder degustar los escritos que nos ofrecen en éste idioma... dejo mi inquietud edam
2013-05-23 16:49:27 No entiendo... ¿portugues? yar
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]