La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / PALAVRAS E AÇÕES.

 Imprimir  Recomendar
  [C:518181]

Dizem varias cultura que as palavras têm força.

Porém há aquelas que acreditam na força dos ventos, que leva o dito embora, por ser natural e próprio das correntezas.

Não obstante indubitável é a existência de uma força ainda maior - As ações humanas, expressas ou silenciosas, é força plena, para construir tanto quanto para destruir.

Cuide-se pois de cada palavra a ser dita - A palavra é verbo na iminência de realizações.

As deitadas ao vento são irreflexões de mentes e corações vazios. E de tais fontes, tão carentes, são muitas as construções de rebuscada aparência, porém no interior a esconder o real conteúdo.

Lembrando que retorno da palavra é o eco, que cedo ou tarde chega à origem, válido também é a preocupação ante, ou antes, de cada atitude; visto que para cada ação uma ração estabelecendo assim a lei do retorno.

Portanto aquele que quer ser ouvido, que cuide da boca...
O que deseja ser lembrado que ocupe a mente - quando vazia é oficina de maus pensamentos, instante em cujo qual a boca revela do que o coração está cheio.

Texto agregado el 09-03-2013, y leído por 100 visitantes. (0 votos)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]