La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / PROVA DOS NOVE

 Imprimir  Recomendar
  [C:495186]

De repente é só o que nos resta:
O sol, a lua, uma única rosa no vaso;
No jardim o balouço das folhas que se deixam beijar
Ora pelo sol ora pelo vento ou pelo luar;
As lembranças confundindo-se com saudades;
Na vida o caminho que se alarga lá, bem longe...,
Em fim, tudo isso, é tudo!

Porém, inesperadamente se percebe que, o sol pode ser visto como unidade, entretanto, é fonte;
A lua se lhe definem como satélite, no entanto se volve valiosa entre conceitos; conquanto o que possui uma única semente pode a partir daí, florir o mais inóspito dos terrenos.
E embora o balouçar das árvores suscite lembranças atraindo saudades, é no farfalhar da folhagem, no cair e apodrecer de algumas folhas, que surpreendentemente se observa que, nada se perde...

Assim é que, os noves fora, o que nos resta, não é pouco mas sim um tesouro!

Texto agregado el 06-03-2012, y leído por 99 visitantes. (0 votos)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]