La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / VÃ UTOPIA.

 Imprimir  Recomendar
  [C:488176]

No exercício da vida se é apenas exercitor nalgum cargo, e somente, por algum tempo se vai exercer tal função, vez que as vulnerabilidades da matéria submetem a todos ao plano da igualdade por estar na essência dos homens, a mortalidade!

Vã utopia se pensar que se é mais nas oficinas terrenas, ao ponto de se deslumbrar com o brilho dos anéis, por suposto, são símbolos expressos de conquistas, contudo, são também, comparáveis a temperos com os quais se corre grande risco de se condimentar além da medida, salientando-se em demasia a vaidade!

A presunção do próprio mérito suplanta de maneira brilhante,

Entretanto, o poder discricionário de superioridade é definido pela coragem ao se enfrentar as labutas diárias, num cumprimento responsável pela autodeterminação por disciplina e caráter probo.

Subjetividades, meras concepções, porém, não quimeras!

Texto agregado el 28-10-2011, y leído por 139 visitantes. (1 voto)


Lectores Opinan
2011-11-05 06:01:07 Se é apenas que se é mais a presunção, as vulnerabilidades de temperos por estar na essência não quimeras! Pelo menos, é o que meu pai me ensinou. YATAGAN
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]