La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / ELOCUÇÕES DA ROTINA.

 Imprimir  Recomendar
  [C:484572]

Talvez até o fim deste dia se tenha motivos para:
Sorrir, chorar, amar, ir às compras, debater, brincar, ler, viajar, trabalhar, poetar, sapatear, comer, sonhar, brigar, festejar, lembrar... Porque são idéias extraordinárias Elocuções da rotina!

Entanto, se se chegar ao fim de um dia:
- Sem promover a discórdia É tolerância
- Sem fazer derramar lágrimas É respeito
- Aplacando necessidades, fazendo sorrir até sapatear de contentamento É caridade

E quando algum dia se for capaz de:
- Comandar sem arbitrariedade,
- Debater sem molestar;
- Sonhar sem o aval da vaidade,
- Lembrar sem os acréscimos de cobranças,
- Amar, além da aparência, incondicionalmente,... Justos serão os dias e terão ainda mais motivos para serem vividos.

Por conseguinte, quando a grande noite se fizer próxima a luminosidade, gerada a partir das ações do autor do ato no dia a dia, fará desaparecer a escuridão assustadora da incerteza, e o cenário se fará conhecido - Lhe ensejando sonhos e motivos para concretização dos verbos nos sarais da vida!

Texto agregado el 26-08-2011, y leído por 137 visitantes. (3 votos)


Lectores Opinan
2011-08-27 03:41:06 Me ha gustado mucho esa parte en que expersas de lo ser capaces de comandar sin ser arbitrarios, debatir sin peleas, etc, algo que deberíamos practicar, ojalá nos puedas regalar textos traducidos******** jagomez
2011-08-27 02:12:09 Iporá demas, chamigo la ndé rembiapó. azucenami
2011-08-26 23:43:57 lindo e muito sábio, hibri...acho que um dia vou experiementar esses seus ensinamentos...um dia nao é tao longo assim, nao é mesmo? bjos e ****** nocheluz
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]