La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / JULGAMENTOS

 Imprimir  Recomendar
  [C:349115]

Quando duvidei das minhas idéias me acreditando louco, foi aí que, me percebi imoderadamente racional.

Contudo, cuidei para que a razão não me levasse a loucura...

No desalinho das idéias comecei os julgamentos, surpreendeu-me, entretanto a faculdade de compreender as relações das coisas.

Estabelecendo juízo de valores socorreu-me a distinção entre o bem e o mal, o verdadeiro e o falso.

Sobrevindo-me, entrementes, a lucidez conduzindo-me a compreensão e o reconhecimento dos eventos e acontecimento.

Considerando que a eternidade material é inerente ao momento do acontecimento, que pela agonia daquele instante parece não ter fim.

Não obstante a luz da razão ilumina o caminho fazendo-nos ver que os mementos são curtíssimos espaços do tempo, precisos, onde sucedem determinadas circunstancias.

Embora, se propalem noutros as circunstancias, e, ou conseqüências, do evento; a cada instante a sua exatidão.

Por conseguinte a loucura que leva a pratica de atos humanos nefastos, é estagio doloroso para todos os Homens, no entanto, momentâneo e circunstancial.

Sendo que a razão que leva ao conhecimento, a descoberta e a compreensão, todavia, jamais habilitará a um só homem a ser o dono de toda verdade.

...Ainda introspectivo, porém quando se levantaram meus olhos para além de mim -, os extravagantes desequilíbrios dos Homens estremeceram-me a mente, deixando triste minh’alma.

Brando um anjo salientou-se, harmonizado-me, e pude vislumbrar num momento a gloriosa sanidade a que estamos afetos, não obstante, nossas vulnerabilidades e tendências escandalosas, que são temporais.

Texto agregado el 23-04-2008, y leído por 168 visitantes. (2 votos)


Lectores Opinan
2008-05-09 19:10:22 gostei muitísimo da tua reflexão e me fez pensar em várias situações. Gostei do que dissestes que a razão jamais habilitará a um só homem a ser o dono da verdade, ...um texto muito bem elaborado e profundo, parabéns, todas*****e beijinhos nocheluz
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]