La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / NESTE ÍNTERIM RENDO-ME!

 Imprimir  Recomendar
  [C:250198]

Sabeis Senhor, tenho andado tão só!

Falado somente ao vento e quando esse leva minhas palavras,
Parece-me que elas caem em ouvidos moucos, tal a falta de respostas.
Em vista disso ando a caminhar a passos largos na tentativa de pronto
Dar com que me falta...

Mas, é vã a minha pressa; a cada momento um novo obstáculo.
Na tentativa de transpor os impedimentos surgi em mim o desânimo.
Não obstante, e reconhecendo a necessidade de seguir idealizo...
E então, embora vacilante sigo adiante meio sem direção.

Tendo como companhia apenas à solidão.
Séqüito frio e silencioso que leva a abstrações várias.
Assim de par com o vazio ecoam as preocupações e temores.
Enfadando-me minha impotência, ainda que admitindo que pouco sei e sou.

Neste ínterim rendo-me!

Acostumado estou ao silêncio que escasso se encontra meu vocabulário. Salientando-se as dificuldades para expressar-me sem lamentações.
E submisso diante de Vós faz-se em mi grande o contentamento por esta audiência.

Obrigado, muito obrigado, Senhor!

Texto agregado el 08-11-2006, y leído por 128 visitantes. (1 voto)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]