La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / FURTARAM-ME!

 Imprimir  Recomendar
  [C:224656]

O prazer encantador do meu amanhecer.
O canto do meu sabiá que nas manhãs de sol, vinha para mim, cantar.
O encanto dos meus dias, hoje, sem alegria, arrasta-se meu viver.

Oh, cruel ladrão!
Não esqueceu, nem mesmo da nostalgia, do meu anoitecer!
Indigna criatura! Carregas contigo agora os tesouros do meu ser.

Então, observa às minúcias de um lindo amanhecer.
E não te esqueças de ao Pai em prece agradecer -
Não sabes, mas este era o meu maior prazer.

Que não deixes passar a beleza do pôr-do-sol ao entardecer.
E se algum dia, por ventura, um sabiá de ti se aproximar
Não sejas com ele negligente, deixa-o cantar e o peso de tuas culpas aliviar.

Que essas sublimes riquezas possam a mais grata satisfação te levar.
Transformando-te!
Sê digno dos tesouros que furtaste, sem deles a mínima noção, conceber.
Empenha-te!

Texto agregado el 27-07-2006, y leído por 99 visitantes. (0 votos)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]