La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / Hibrida / MEU COLIBRI SONHADOR

 Imprimir  Recomendar
  [C:202999]

Busco-te, através do espelho de tua alma.
Quão triste estás.
Lamento em silêncio tua prostração.

Sigo buscando em ti a chama vivaz da tua juventude,
o lume dessa chama vejo-o tênue sem vigor.
E, tu, igualmente a esse lume parece, se apagar.

Uma estranha sensação me invade e me entristece.
Em veredas obscuras caminhas.
Chamo a tua atenção, mas não me atendes.

Refugia-te nas dobras desses caminhos,
creio, que nem mesmo tu sabes onde vai dar.
Obstinado segues.

Acompanho-te de longe e em silêncio.
Rezo, choro e lamento.
Lanço-me novamente na grande busca.

Onde está?
Por que foges de mim?
Dize-me onde queres tu chegar?

Na tentativa de te reencontrar observo teus olhos,
janelas d’alma.
Tão distinto estás já quase não te reconheço meu doce encanto.

Os caminhos que tu mesmo escolheste te parecem fácil seguir. Entretanto, sabes tu a onde queres ir?
Disperso minha preocupação e me preparo para ver-te voar.

Alça então tuas asas, jamais foste cativo.
Lança-te ao encontro dos teus sonhos.
Aqui fico, e comigo a esperança...

Quem sabe um dia sintas tu vontade de ao ninho regressar.
Xô, xô meu amor.
Xô meu colibri sonhador.

Texto agregado el 04-05-2006, y leído por 145 visitantes. (0 votos)


Lectores Opinan
2010-09-03 21:03:24 Me encanto, tanto en contenido como en la sonoridad de tu idioma. NeweN
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]